O repórter cinematográfico como centro das atenções

Os escritos presentes neste blog foram apenas um pontapé inicial de um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) de um grupo da turma de Jornalismo 2013 do Centro Universitário Fieo – UNIFIEO.

A partir desses textos e da leitura de livros teóricos como “A notícia na TV: o dia a dia de quem faz telejornalismo” de Olga Curado, “Telejornalismo no Brasil: um perfil editorial” de Guilherme Jorge de Rezende, “Profissão jornalista de tv: telejornalismo aplicado na era digital” de Regina Villela e “A sociedade do telejornalismo” de Alfredo Vizeu, conseguimos conteúdo suficiente para dar início ao nosso produto: uma videorreportagem que mostra o repórter cinematográfico durante a sua atuação nas matérias.

Foram sete entrevistados que mostraram sua visão sobre a profissão e a função jornalística exercida, além de questionamentos sobre o reconhecimento da profissão junto à um representante do Sindicato do Jornalistas do Estado de São Paulo, e o acompanhamento do nosso grupo em um dia de trabalho de uma repórter cinematográfica da rede Record.

Segue o link da videorreportagem “Além do que se vê: o trabalho do repórter cinematográfico”, para os interessados: https://www.youtube.com/watch?v=Sd_SXIHVRpw

A reprodução foi autorizada pelos próprios entrevistados que assinaram o termo de uso de imagem utilizado pela própria instituição de ensino para trabalhos acadêmicos.

Anúncios